• Revista Gruvi

Dança, dreampop e nostalgia: confira os últimos lançamentos de julho




Lobo, Lobo - Flaira Ferro


Em uma movimento solitário, a artista pernambucana Flaira Ferro lança o clipe da canção “Lobo, lobo”, resultado de uma parceria com a artista visual Mary Gatis, que assina a direção e montagem do trabalho junto à cantora. Gravado entre quatro paredes durante o isolamento social, o vídeo foi um improviso que mistura os gestos subjetivos da dança com flashes de imagens que remetem aos “vampiros do cotidiano” que formam a política brasileira. “Afastei os móveis da sala, montei uns figurino loko, pintei a cara”, diz Flaira sobre a produção do clipe.


Quem ficou responsável pela direção de fotografia foi Igor de Carvalho e Tábata de Moraes, já a produção ficou a cargo de Sibely Marques e o designer com Matheus Melo. As intervenções visuais e políticas que aparecem ao longo do vídeo foram feitas por Traplev.


A canção “Lobo, lobo” faz parte do álbum “Virada na Jiraya”, lançado em 2019.



Talho - Kalouv e Dinho Almeida (Boogarins)


Para celebrar dez anos de estrada, a banda pernambucana Kalouv lança Talho, um single em um tom de nostalgia, explorando sonoramente os novos interesses da banda. A faixa foi criada em parceria com Dinho da banda Boogarins.


A representa tanto um ponto de chegada, quanto novos caminhos possíveis: história da banda, mas aponta para uma reinvenção e seu futuro: é primeiro som da banda com um trabalho com letra e voz. O lançamento conta com um clipe, montado a partir de um arquivo de imagens desses dez.



Antimusa - Barro e bRaba


O artista pernambucano barro lançou um videoclipe para faixa Antimusa. O clipe foi feito em colaboração atuação e direção Rafaela Amorim, criadora do projeto Braba. Ele foi pensando na vertical para justamente pra acompanhar o modo de consumo das pessoas.


Antimusa é um single com sonoridade indie pop que Barro vem construindo há anos. O clipe marcado pela presença intensa do vermelho traz em sua letra um desejo intenso pela liberdade.



"M.J." - MarV!n


Em comemoração aos seus 23 anos de idade, no dia 28 de julho, o artista recifense MarV!n lançou o single “MJ”. A faixa faz parte do projeto Planeta Rato, um EP experimental de Hip Hop produzido por MarV!n e o Daniel Lins. Com a mixagem feita por Zoe Beats o single tem um som envolvente e uma letra cheia de Hype. “Deve ser foda ser tão louco como MJ Ficar marcado na história igual MJ”. O single Track está disponível no canal do YouTube do Planeta Rato.


Space Mode - Const & Mora$ (Call Comunication)


Lançado no último domingo (26), o videoclipe Space Mode da dupla Const & Mora$ é um trap Lo-Fi com uma pegada boombap que traz uma letra sobre sonhos, realizações e a ostentação que é tão presente no gênero musical. O clipe de Space Mode está disponível no canal do YouTube da CallCommunication.


Const e Mora$ são integrantes da CallCommunication, um grupo de Hip Hop da cidade Goiana, Zona da Mata de Pernambuco. O coletivo, formado por Mora$, Const, Menino de Ouro, YungBoo, 1Louco, $NCA e JovemOtto, tem produzido canções e videoclipes de Rap de forma independente.



Por Essa Noite - Ordinary John

Depois dos lançamentos de quarto singles em inglês, o pernambucano Ordinary John (João Figueirôa) lança Por essa noite. O primeiro trabalho em em português do músico traz em sua sonoridade as influências do bedroom pop e dream pop, marcado pela simplicidade entre os elementos eletrônicos lofi e cantado de forma intimista.


Em uma pegada chillout, o som é uma love song noturna de um relacionamento que parece ter chegado ao fim ou em um final mal resolvido. O músico participou de todos os processos da produção da canção, desde a composição, gravação até a mixagem.



Luz na Luz - Jonatas Onofre Quarteto

A dança como uma potência poética e política é assim que o videoclipe Luz na Luz da banda Joanatas Onofre Quarteto se apresenta ao público. Lançado no dia 18 de julho, a produção conta com as performances dos artistas Kildery Iara (@sereiadepau), Rebeca Gondim (@becagondim) e Anderson Vieira (@umpretodebike).


A beleza do movimento em um cenário da zona portuária do Recife junto com uma canção que evoca a resistência é capaz de produzir uma sensação de pertencimento e evolução. Luz na Luz é sobre o nosso lugar no mundo, sobre o corpo, o chão, a geografia e a revolução que existe no mover.



Queda - Rua do Absurdo


Seis anos após “Limbo”, a banda recifense lança “Queda”, um álbum com seis faixas que vem sendo gravado desde 2014. Marcado por rupturas diversas, o disco assume uma essência bem mais sombria em comparação com os trabalhos anteriores, desde a musicalidade até à identidade visual - o que parece ser um reflexo de uma realidade cada vez mais precária.


Apesar da mudança de tom, o caráter experimental dos álbuns anteriores se faz presente em Queda, que conta com a participação de Alessandra Leão, Marcelo Campello, Thelmo Cristovam, Pedro Sanchez, Jean Elton e João Marcelo Ferraz. O disco foi mixado por Hugo Medeiros, Yuri Pimentel e Bruno Giorgi. A fotografia que ilustra a capa do trabalho é do ensaio “Derme”, assinado pelo fotógrafo sergipano Flávio Emanuel.


Por enquanto, as canções estão disponíveis de forma gratuita apenas no site do grupo. O download do álbum que acompanha um PDF com a arte do disco e 1 pôster A3 em alta resolução conta com a colaboração mínima de $2 e 30% do valor arrecadado durante o mês de Agosto será destinado à APIB (Associação dos Povos Indígenas do Brasil).



44 visualizações0 comentário

© revista gruvi. pernambuco, 2020
revistagruvi@gmail.com

Idealizada em 2020, a Gruvi é uma revista eletrônica sobre música pernambucana. Entrevistas, reportagens, resenhas e ensaios de produções relacionadas a PE.